MATRIZ SOLIDÁRIA

 

Sempre no último domingo de dezembro, antes do Natal, acontece o "Matriz Solidária".
O "Matriz Solidária" é um evento realizado desde o início da Casa Cultural Matriz, para a arrecadação de alimentos e brinquedos que são destinados à entidades de assistência à crianças carentes, em Belo Horizonte.
Todas as doações arrecadadas no evento serão entregues às seguintes entidades: Creche Dora Ribeiro (Bairro Providência), Creche Gilmara Iris (Bairro Novo Tupi), Creche Etelvina Caetano de Jesus (Bairro Primeiro de Maio) e Obras Educativas Jardim Felicidade (Bairro Jardim Felicidade).

 

Espaço voltado às mais diversas manifestações da cultura alternativa, a Matriz sempre foi o principal palco, em Belo Horizonte, para cena autoral e independente. O projeto "Matriz Solidária", desde sua origem, em 2001, dá destaque à cena autoral de Belo Horizonte na sua programação.

 

MATRIZ SOLIDÁRIA 2016

O "Matriz Solidária 2016", no dia 18 de dezembro, domingo, à partir das 13 horas, apresentará 15 bandas: Fake, Evil Matchers, Last Warning, Jota Quércia, Desejo Terrível, Fernando Mota,Dead Pixels, Green Morton, Montese, Miêtta, Lollipop Chinatown, Carmen Fem, For Bella Spanka, Radiotape e Pelos.
Os Djs Vintage Violence, Conde Stradh e Vinícius Amaral comandarão as pick ups.

ENTRADAS: $5 + 1 brinquedo ou 1 kg de alimento (não perecivel).

 

 

 

CONHEÇA AS BANDAS

     

PELOS

A Pelos é uma dessas bandas essenciais para a compreensão do cenário rock de Belo Horizonte. Batizada originalmente de “Pelos de Cachorro”, a banda foi criada por jovens moradores do Aglomerado da Serra e ganhou espaço entre outros trabalhos importantes do cenário da capital. O trabalho, que agora segue novas direções, refletindo o universo musical diverso dos seus integrantes, começou inspirado na cena pós-punk dos anos 80. A banda faz rock do seu jeito, com a sua linguagem. Mesmo que carregue as referências iniciais em seu DNA, há muito mais identidade, fruto dos anos de estrada e diálogos realizados neste período. Pelos traz no currículo os EPs “Olho do Mundo” (2012), DVD “Pelos - Um Filme Ensaio” (2010), além do “Memorial dos Abismos” (2008) e apresenta agora o seu terceiro disco intitulado “Paraíso Perdido nos Bolsos”. (Release Por Roger Deff)

 

 

RADIOTAPE

Nesses 10 anos de estrada a banda traz o disco "pequenas coisas me fazem feliz", lançado em 2008 e os eps "novo dia" (2014), "enquanto os outros dormem (2015) e seu mais novo trabalho "Luz" (2016), contendo 4 canções inéditas trazendo uma sonoridade com novos timbres e efeitos mais cremosos.
Traz na bagagem uma coleção de shows e emoções espalhados pelo país. Muita história para contar e muito rock para tocar!!

MONTESE

A banda, formada em 2011, traz nas guitarras Rodrigo Porto e Gustavo Neves, no baixo Giovanni Mendes, na bateria Diogo Veloso e nos vocais Victor da Mata. O primeiro EP “Esboço” foi lançado em 2012 com as faixas “A Dor”, “O Velho Mártir” e “Chá”, e circulou em shows por Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
O Montese lançou o primeiro álbum cheio, “Quando me encaro de frente”, em 2014, que teve boa repercussão e resenhas positivas da crítica especializada, além de uma excelente aceitação do público que a cada faixa tocada cantava as letras com muita energia. O CD foi lançado pelo selo Heart Bleed Blue em parceria com a Spider Merch, de São Paulo.

 

 

EVIL MATCHERS

Quarteto rocker formado em 2013 na cidade de Belo Horizonte, reunindo remanescentes de antigas bandas da cidade que se reuniram com uma proposta bem clara: Fazer um rock’n roll energético.
Passeando por influencias clássicas e atuais do punk, glam e garage rock, a Evil Matchers faz de cada uma de suas apresentações uma verdadeira explosão de rock’n roll, que promete não deixar ninguém parado. Portanto esqueça os protocolos: Jogue-se no lado quente do rock!
Evil Matchers é: Gringo (Guitarra e vocal), Luis Borges (Bateria), Léo Alves ( Baixo e vocal) e Victor Punkerage (Guitarra e vocal).

FAKE

Na ativa desde 2011, a banda FAKE surgiu com um único e exclusivo intuito, disseminar o mais cru e honesto Crossover Old School possível, tendo como referência não apenas as grandes bandas do estilo, mais também os grandes nomes do Metal, Punk e Hard Core Nacional e Mundial.
Em 2013 sai o primeiro registro oficial da banda, a demo CD "Happy days...After All...", contendo 5 sons totalmente autorais no formato de 100 cópias (já esgotadas). A demo proporcionou a participação em algumas coletâneas como “BH Caos” (Sinfonoise Records) e “Underground Kids Vol.2” (Purgatorious Records).

 

 

LAST WARNING

Mesclando peso, negatividade e grooves absurdos, a banda mineira Last Warning segue desde 2012 representando uma faceta mais sombria do Hardcore/Punk marcada por riffs metálicos, solos místicos e vocais que reverberam diretamente na sua cara!
Lançamento do disco de estreia previsto para o primeiro semestre de 2017. Indicado para fãs do suíngue maléfico de bandas como Biohazard, Leeway e Cro Mags; e para headbangers que apreciam o bom e velho death metal sem blast beats, na linha de gigantes como Obituary e Bolt Thrower.

LOLLIPOP CHINATOWN

Em 2016 a banda lançou A TURNÊ UNIVERSAL NA CASA DOS AMIGOS, um projeto que vai circular seus shows em casas de amigos de Belo Horizonte e outras cidades. A ideia surgiu após algumas bem sucedidas intervenções em lugares inusitados. No ano de 2015, a banda chamou a atenção de portais especializados como Showlivre, Tenho Mais Discos Que Amigos, Revista O Grito e carimbou São Paulo, Rio de Janeiro e interior de Minas Gerais após o lançamento do clipe Cérebro Eletrônico com a participação do humorista O Ceguinho - Geraldo Magela e sua proposta de show “O Cérebro Eletrônico sente o que eu não percebo”. Espetáculo que refletia as relações de visibilidades/invisibilidades do mundo digital.

 

 

DESEJO TERRÍVEL

Nathalia Xavier, Mauro Novaes, Drin, Fábio Corrêa, Érico Temponi e delírio, o Desejo Terrível traduz sensações tangíveis em melodias envolventes, que conduzem o espectador em uma viagem pela natureza humana e suas vontades mais cabulosas.

GREENMORTON

Em 2013 lançou seu primeiro registro em forma de um EP com 4 músicas muito bem recebidas pelo público. “What Do You Mean By That?” foi gravado, mixado e masterizado por Lisciel Franco, um renomado produtor no cenário nacional, explorando bastante os processos analógicos de gravação. O próximo registro foi em 2015, o single “Obey” que também recebeu um vídeo “recording session”, explorou o lado mais Stoner e agressivo da banda.
2016 nasceu o primeiro “fulllenght” da Green Morton e foi batizado de “Ultradeepfield”. O álbum conta com 12 faixas que entregam ao ouvinte toda a atmosfera do rock produzido pela banda.

 

CARMEN FEM

O Carmen Fem é formado por Francesco Napoli e Dáblio Slama nas guitarras e vocais, e Camila Buzelin no vocal. A banda estreou em 2015 em Amsterdam na Holanda, gravou um EP homônimo produzido por André Cabelo e Lucas Nascimento que teve seu lançamento no Sesc Palladium em Belo Horizonte, tocou nos festivais BH Cena Autoral na Casa de Shows Granfinos, Bh Tattoo no Mercado das Borboletas, MUSA e Terças Poéticas homenageando o filósofo alemão Nietzsche, além de tocar com o cantor e compositor mineiro Pedro Morais na A Autêntica mostrando canções inéditas fruto de parcerias recentes. A banda acaba de lançar seu primeiro vídeo clipe dirigido por Leonardo Barcelos que já tem quase 18 mil visualizações em menos de três meses. O Carmen agora se prepara para estrear em São Paulo e Rio de Janeiro divulgando seu primeiro EP que foi produzido pelo renomado André Cabelo e por Lucas Nascimento e é um disco artesanal com tiragem limitada.

 

FOR BELLA SPANKA

Formada oficialmente em agosto de 2007, For Bella Spanka era inicialmente um projeto do vocalista e guitarrista Fábio Bastos e se tornou uma banda. Inspirado na poetisa portuguesa Florbela Espanca, nome da banda contempla sua poesia como forma de inspiração e criação do clima que espera alcançar em suas canções. O EP Eat My Heart For Rebirth foi lançado em 2008 obteve boa repercussão. Em 2017, chega novo album.

 

JOTA QUÉRCIA

Os ex-integrantes da banda Cães do Cerrado, André “Gigopepo” Persechini (Guitarra, Vocal e Bateria) e Paulo “Malibu” Souza (Bateria, Guitarra e Vocal) se reunem novamente para continuar fazendo o que já faziam, só que desta vez com 80% a menos de integrantes na banda e produção de Fernando Bones, baixista da banda Aldan.
O resultado deste MIX de sentimentos é o disco “Nossa Relação é Estritamente Profissional” cujo nome foi dado para já responder às possíveis insinuações sobre a natureza do relacionamento de Gigopepo e Malibu.

 

 

 

VÍDEOS

Preparamos uma seleção no youtube com as bandas do Matriz Solidário 2016. Confira!

 

 

PRÓXIMO EVENTO

MATRIZ SOLIDÁRIA 2016

18 DEZ - domingo - 13H